quarta-feira, 4 de agosto de 2010

POEMA_Florir das açucenas

Florir Das Açucenas

Em teu olhar o azul do céu.
Riso de jardim florido.
Tenho ganas de ser vento,
Pra acariciar teu vestido.

Tenho ânsias veraneiras,
Em teus lábios de pitanga;
De ser água cristalina
A te banhar lá na sanga.

Quisera eu ser o sol
No florir das açucenas,
Para bronzear lentamente
Todo teu corpo, morena.

Quisera eu ser poesia
Sussurrando em teu ouvido,
Para sentir a alegria
Em teu coração comovido.

Se o destino assim quiser
Posso ser um passarinho
Para te acordar mulher,
No aconchego do ninho.

Por isso pra ti eu canto
E na noite acendo um clarão!
Amor é cerne queimando
No fogo desta paixão.


Ramiro Amorim
.
.
Essa é uma das músicas do CD dos guris do QUARTETO CORAÇÃO DE POTRO, são de Lages. Os componentes são: Indio Ribeiro, Vitor Amorim, Kiko Goulart e Michel Martins. São três violões, um guitarrón e muito talento!!!
.
.
CONTATOS:
Fones: 049 9972 71 91 falar com Michel

Nenhum comentário:

Postar um comentário