quarta-feira, 11 de agosto de 2010

POEMA_Faz voar um passarinho

Faz voar um passarinho


Queria voltar no tempo pra te ouvir cantar
As lindas melodias que sempre hei de lembrar
Faz chorar calado um coração
Com lágrimas que molham a recordação
.
Seu dilema era cantar pra espantar a solidão
Sua voz mudou o mundo dentro da imaginação
Seguindo sem olhar pra trás
Ganhou asas com o vento em busca de sua paz
.
Faz voar um passarinho rumo ao mundo do infinito
Por mais que tenha nos dito
Que eu nunca saia daqui
Levo junto as canções que conquistaram multidões
E a lembrança da tua alma
Como sonho de um guri, como sonho de um guri
.
“Voa alto Pássaro do Mundo
Por mais que o tempo judie nossa lembrança
Pois saiba que em cada galpão de estância
Estará sempre viva a tua alma”
.
.
.
Letra e Música – Luidhi Moro Müller
.
SOBRE O AUTOR:
Luidhi Moro Müller nascido em Porto Alegre e criado em Caxias do Sul na serra rio-grandense onde desde a infância foi ligado a música nativista por influência de seu avô que sempre incentivou para que fosse um músico instrumentista de mão cheia...
No decorrer do tempo aprendeu a tocar gaita ponto com 6 anos de idade e hoje se resume como principal mérito em atual campeão do rodeio internacional de Vacaria pelo seu esforço e dedicação...
Como cantor veio do sangue de família Müller que os tios participavam do famoso FEGART e incentivaram para que os frutos viessem da mesma forma como foram brotados, cantores e compositores...
No ano de 2009, Luidhi escreveu sua primeira composição em homenagem ao cantor César Passarinho que mesmo não o conhecendo em vida tem o apreço eterno pelas suas composições e interpretações da verdadeira música nativista e assim hoje, canta com o coração e pelo amor a nossa música Nativista que estará lançando seu primeiro disco no final desse ano de 2010 cujo título “Lavando a Alma em Canções”, para que todos possam ouvir o verdadeiro som que faz parte do nosso Rio Grande gaúcho.

( Luidhi Moro Müller)

Nenhum comentário:

Postar um comentário